As 10 Melhores Portas de 2021 da sua FritsJurgens

23 Dezembro 2021

As 10 Melhores Portas de 2021 da FritsJurgens

As 10 melhores portas pivotantes de 2020 surpreenderam-nos: recebemos tantas portas pivotantes com designs novos, elegantes e simplesmente lindos. Perguntávamo-nos se 2021 conseguiria superar o ano anterior e agora, olhando para trás, podemos dizer com certeza que fomos novamente arrebatados pelos fantásticos projetos que partilharam connosco em 2021.

Não queremos empatar mais, eis as 10 Melhores Portas de 2021 da FritsJurgens.

10. Faça favor, por aqui | Harryvan Interieurbouw

O projeto que abre a lista está localizado num dos maiores locais pop dos Países Baixos, em Amesterdão: AFAS Live. Trata-se de uma parede pivotante com nada menos que 18 metros de largura e 4,2 metros de altura, fazendo um uso inteligente do impacto espacial de uma porta pivotante.

As doze portas pivotantes são concebidas da mesma forma que o muro circunstante no exterior e, quando fechadas, fundem-se na parede de um metro de altura do lounge. Quando aberto, o interior preto brilhante reflete as luzes coloridas do teatro, criando um lindo contraste que faz parar qualquer transeunte: faça favor, por aqui.

Harryvan Interieurbouw | September Architectuur | System 3 | Países Baixos | Foto: Hans Morren

Drag over the photos for more

9. O aço de hoje | De Rooy Metaaldesign

No 9º lugar encontramos um projeto com portas pivotantes de aço, porém não o clássico tipo de porta pivotante de aço com que habitualmente nos deparamos, mas sim portas pivotantes com um revestimento cinzento e uma configuração única.

Esta casa do século XIX em Utrecht precisava de uma grande renovação. Em relação à estrutura original, o arquiteto de interiores Remy Meijers converteu o edifício numa casa de família moderna. Remy escolheu portas pivotantes da sua coleção para De Rooy Metaaldesign. As portas pivotantes são revestidas com uma camada de pó cinzento e têm maçanetas escondidas. Desta forma, a configuração de aço e vidro, única e feita à medida, destaca-se ainda mais.

De Rooy Metaaldesign | Remy Meijers | System M | Países Baixos

Drag over the photos for more

8. Um gesto grandioso | air lux

Este edifício foi construído em 1938, projetado por Fritz Höger. Em 2021 o objetivo para este velho edifício era criar um espaço único, com muita luz, que exaltasse a experiência entre a casa e o parque circunstante.

O arquiteto Stefan Bruns com o seu design convenceu as autoridades licenciadoras de obras e escolheu as portas pivotantes TWIN-PIVOT de air-lux. Em conjunto, estas duas portas pivotantes formam uma parede flexível de 6 metros de largura e 2,7 metros de largura. A função de fecho de 4 direções é garantida pelos parafusos controlados por processos eletromecânicos, enquanto as portas com vedações ativas e abrangentes garantem uma estanquidade a 100% contra o vento e a chuva fortes do clima báltico e contra animais indesejados dos jardins do parque.

air lux | Stefan Bruns | System M+ | Alemanha | Foto: M.A. Alexander El-Jarad

Drag over the photos for more

7. Segurança num salão de baile | Standard Studio

Como se consegue tornar quente e acolhedor um edifício tão gigantesco como esta antiga escola de dança? A Standard Studio conseguiu, graças a divisórias de salas inteligentes. Uma destas divisórias inteligentes é um armário para livros e TV, pivotante e multifuncional.

O armário, fabricado por Brandsing Meubelmakers, é funcional em ambos os lados: de um lado há uma parede para a televisão, do outro, uma estante para livros. Nos dois lados do armários encontra-se uma porta com dobradiça que separa o quarto da grande e aberta sala de estar, e esconde a televisão quando fechada. O armário pesa cerca de 250 kg, tem quase 2 metros de altura e cerca de 3,6 metros de largura quando está aberto. O sistema de dobradiças pivotantes montado neste armário é o System 3 da FritsJurgens, com instalação do Pivot superior Cable Grommet, o que permite esconder os cabos da TV.

Standard Studio | Brandsing Meubelmakers | System 3 | Países Baixos | Foto: Wouter van der Sar

Drag over the photos for more

6. Uma coisa só com a arquitetura | Benerink Architecten

Uma aplicação tão funcional e que ao mesmo tempo se torna uma coisa só com a arquitetura: este é o poder das portas pivotantes. Uma fachada completa, composta por três portas pivotantes, traz para dentro o exterior num ápice, neste design de Benerink Architecten.

As três portas pivotantes, com 3 metros de altura e com 300 kg cada, têm uma moldura de madeira com um vidro com triplo isolamento. Quando abertos, encaixam perfeitamente com a cobertura e tornam-se por isso parte de um design cuja sofisticação procede de decisões de design aparentemente lógicas. Não são apenas portas abertas, são uma parte essencial, independente da casa.

Benerink Architecten | Spapen Kozijnen | System One | Países Baixos | Foto: Tim Eshuis

Drag over the photos for more

5. Uma viagem rumo à entrada | Porebski Architects

Castlecrag House: foi o projeto em destaque do mês de 2021 e deu imediatamente o tom certo. Uma entrada que brilha, em sentido literal e figurado. A entrada em cobre, escondida da rua, encaixa-se perfeitamente na paleta de construção, simples mas convincente.

A entrada neste projeto de Porebski Architects foi deliberadamente afastada da paisagem urbana. Assim, a surpresa é ainda maior quando se chega a esta porta grande, revestida de cobre. É uma parte importante da viagem proverbial que se faz da rua até à entrada, pela galeria de entrada de altura dupla recoberta de obras de arte pessoais, até ao destino final: os espaços habitacionais.

Porebski Architects | Cumberland Building | Studio TIRAR | System M | Austrália | Foto: Peter Bennetts

Drag over the photos for more

4. Contraste do século XXI | KAAN Architecten

Acima de tudo, uma localização extraordinária: o Museu Real de Belas Artes de Antuérpia. Uma combinação fascinante de velho e novo, de antigo e moderno. Um contraste tão forte pode funcionar muito bem, e isso é demonstrado em pequenos espaços claros como estes.

Neste novo museu do século XXI, as portas pivotantes formam uma parte importante da identidade do edifício. Vinte e cinco portas pivotantes podem ser encontradas por todo o museu, uma mais escondida do que a outra. É a aplicação destas portas pivotantes no KMSKA que as torna tão especiais. Onde o percurso não podia ser interrompido, as portas pivotantes foram escondidas discretamente na parede. Como parte do século XXI, fecham-se em caso de incêndio.

KAAN Architecten | System One | Bélgica | Foto: Sebastian van Damme / Stijn Bollaert

Drag over the photos for more

3. Arquitetura automatizada | AUAR

O pódio abre-se com um projeto caracterizado pela tecnologia, pela inovação e por uma visão clara do presente e do futuro. A AUAR – Automated Architecture – trabalha exatamente com o que sugere o nome: arquitetura automatizada.

A AUAR cria sistemas de construção de madeira modulares que usam a robótica e automação para criar casas projetadas com qualidade, de forma sustentável, económica e bonita. Ao fazê-lo, quer contribuir para o fornecimento de infraestrutura tanto social como tecnológica para tornar este tipo de casa eficaz e sustentável para as comunidades em que trabalha.

As casas são montadas por robôs, por isso é possível construir em pequenas superfícies, como num quintal. O espaço habitacional micro tem uma entrada pivotante, realizada com pau-brasil e vidro, com 2,1 metros de altura e 1,5 metros de largura. Devido ao espaço pequeno, a porta pivotante grande oticamente parece ainda maior. Além disso, a porta aberta é um acréscimo completamente natural ao impacto espacial de um pequeno edifício.

AUAR | System One | Reino Unido | Foto: Studio NAARO

Drag over the photos for more

2. A sofisticação da simplicidade| Gardini Gibertini Architects

Como no ano passado, o segundo lugar cabe a um projeto que excele na sua deliberada simplicidade. Local, sofisticado, acolhedor. Uma afirmação na típica arquitetura mediterrânica de olho no ambiente.

Este pavilhão, que flutua entre as colinas da Toscana, é como um refúgio na vastidão do ambiente. A Gardini Gibertini Architects projetou esta interpretação contemporânea da casa com pátio românico, inspirando-se na área circunstante, mas com um interior quente e contemporâneo. Todos os materiais são derivados das redondezas mais próximas do pavilhão ou são uma referência a elas.

A casa é dividida em oito blocos diferentes, espalhados geometricamente no betão armado. A maioria dos blocos são ligados por portas pivotantes. As portas são todas projetadas da mesma forma: 290 centímetros de altura e 95 centímetros de largura, com as mesmas maçanetas de pele em todo o lado. Ao mesmo tempo imponentes e escondidas, fundidas com o interior, as portas pivotantes neste projeto formam literalmente a conexão entre os espaços dentro e fora do pavilhão.

Gardini Gibertini Architects | System M+ | Itália | Foto: Ezio Manciucca

Interior Pivot Door with FritsJurgens Inside
Drag over the photos for more

1. Através do artesanato e da criatividade | Fuse Architects and Builders

No final de contas, são as histórias por trás do que vemos à nossa volta todos os dias que dão vida aos lugares, aos edifícios e aos objetos. Isso também se aplica ao projeto que, de forma convincente, ocupa o primeiro lugar nas 10 Melhores Portas de 2021 da FritsJurgens, primando em termos de artesanato e criatividade.
A Fuse Architects and Builders está especializada na arquitetura moderna progressiva, conectando as exigências dos seus clientes com a sua relação com o design, o bairro e o ambiente natural. Uma descrição mais apropriada da porta pivotante que está no primeiro lugar desta lista é quase impossível. A combinação de criatividade, utilização dos materiais e sofisticação torna esta porta pivotante uma obra de arte de cortar o fôlego.

A base da entrada é um núcleo leve tipo favo. Depois, na parte exterior da porta, há carvalho branco escovado, dando à porta a espessura total de 165 mm e o peso aproximado de 270 kg. As duas cores e formas diferentes de carvalho na entrada personalizada pela Architectural Millwork and Design refletem a baía onde se localiza a residência: cinzento-escuro para a terra e cinzento-claro para o oceano. O mapa de Monterey Bay, na Califórnia, também mostra a localização exata da própria porta. Uma marcação de ouro incrustado na parte inferior da porta representa uma conexão entre o design e o ambiente natural que conta a sua própria história.

Fuse Architects and Builders | Architectural Millwork and Design | System M | Estados Unidos | Foto: Jesse Beer

Drag over the photos for more
Obrigado por inscrever-se.