Em que medida as portas pivotantes interiores tornam flexível o seu projeto

6 Julho 2021

Deve ter reparado na recente explosão de portas pivotantes utilizadas para portas de entrada cada vez maiores. As portas exteriores são uma ótima aplicação da dobradiça pivotante, tornando a entrada de uma casa mais teatral, mas ao mesmo tempo existe uma tendência mundial para utilizar as portas pivotantes também no design de interiores.

Essencial para esta tendência em crescimento é a forma como a porta pivotante atende à exigência constante
de flexibilidade em todos os aspetos do design e no processo de construção. As portas pivotantes interiores oferecem uma liberdade de design ilimitada e são fáceis de implementar em situações novas e existentes. E, depois, existe a flexibilidade dos projetos. Não terá de se preocupar com a porta até chegar a altura de a instalar no lugar: não são necessários acabamentos ou caixilhos a condizer, alterações às alturas das portas, às maçanetas ou à espessura.

Flexibilidade em termos de materiais e dimensões
Flexibilidade na colocação do piso
Spatial Transformation
Gestão flexível de projetos

E, acima de tudo, graças à facilidade da instalação, resulta ser conveniente em termos económicos também,
quando os orçamentos não são muito flexíveis.

Flexibilidade em termos de materiais e dimensões

Uma porta pivotante interior oferece uma flexibilidade em muitos aspetos, sendo um deles a flexibilidade do design, seja no que se refere aos materiais, às dimensões da porta, ou à transformação do espaço.

Flexibilidade dos materiais

Ao projetar uma porta pivotante, a sua escolha de materiais é extremamente flexível: basicamente, cada tipo de material é adequado para criar uma porta pivotante interior. Na FritsJurgens, já vimos portas pivotantes realizadas com placas de mármore, a partir de madeiras de armações com pormenores em aço, até portas revestidas em couro.

Porta pivotante interior em mármore sólido – Potier Stone

Porta pivotante interior de madeira até ao teto – marasovic arhitekti

Portas pivotantes interiores de vidro e aço, e até de couro e aço – De Rooy Metaaldesign, Osiris Hertman

Porta pivotante interior de vidro com caixilho em madeira – Vahle Door, M2Plus

Pivot door by Vahle, architecture by m2plus – Denmark – System M

Porta pivotante interior realizada com madeira de armações com um caixilho em aço – Toon van Seggelen Interieurdesign

Flexibilidade dimensional

A grande vantagem das portas pivotantes interiores é que a sua altura pode ser praticamente ilimitada, graças ao eixo vertical em que pivotam. Uma dobradiça de alto desempenho pode também suportar portas amplas e pesadas.

Isto significa que pode criar facilmente portas de interior que chegam até ao teto, que realçam a altura de um espaço, tornando-o oticamente maior.

Porta pivotante alta até ao teto realizada com vidro e aço revestido em bronze – Pols Metaal

Transformação do espaço graças a uma porta pivotante interior alta e ampla – Govaert & Vanhoutte

Gelosias pivotantes curtas que criam privacidade entre a entrada e a sala de jantar – Space Joinery

Parede pivotante com 7,5 metros de altura composta por quatro portas pivotantes – MVSA Architecten, Harryvan Interieurbouw

Concealed Pivot Hinge Systems for interior pivot doors - FritsJurgens

Flexibilidade na colocação do piso

Uma porta pivotante pode ser instalada em várias situações de interiores, basicamente, em todos os sítios em que aplicaria uma porta oscilante. Pense no quarto principal, ou uma porta de despensa com movimento em duas direções, nas casas de banho ou marquises.

Porta pivotante de despensa ou cozinha escondida, revestida em madeira para dar continuidade à parede quando fechada – FADD Architects

Porta pivotante da casa de banho, revestida com uma camada fina de mármore – Powerhouse Company, Wim Quist, Punt Interieurbouw

Porta pivotante de garagem ou despensa com um design limpo e muito elegante – Ian Moore Architects

Transformação do espaço

A tendência para casas em open space, modernas ou tradicionais, permite uma atmosfera leve e espaçosa. Espaços maiores e mais generosos por vezes agora apresentam mais de uma função.

Contudo, certamente terá a necessidade de conseguir separar os espaços de vez em quando para criar privacidade, mantendo ao mesmo tempo um ambiente espaçoso. A transformação do espaço de uma divisão pode ser feita de várias maneiras e uma delas é a aplicação de portas pivotantes interiores.

Uma divisória de espaço flexível e funcional com estantes de 500 kg – Hoek & de Wit Architecten

Sala de estar em open space, transformada com duas portas pivotantes interiores altas até ao teto – AXIX Pivot Türen

Sala de estar em open space, uma cozinha rodeada por portas pivotantes interiores de vidro e aço – NOMAA, Jurrit van der Waal

Gestão flexível de projetos

As portas pivotantes interiores não oferecem apenas flexibilidade em termos de design mas também em termos de gestão de projetos.

Os sistemas de dobradiças pivotantes tradicionais normalmente são instalados dentro do piso. Felizmente, há anos que existem soluções fantásticas de portas pivotantes que são integradas dentro das portas em vez do que nos pisos, por exemplo as da FritsJurgens. Instalam-se em apenas trinta minutos no local e fazem poupar milhares de euros por projeto.

Nada no seu piso

Os sistemas de dobradiças pivotantes tradicionais normalmente são instalados dentro do piso. As soluções de portas pivotantes FritsJurgens já existem há anos e são instaladas dentro das portas em vez do que no piso. O sistema de dobradiças pivotantes é embutido dentro da parte inferior da porta, e o pivô superior é embutido no topo da porta. Apenas os pinos de 8 mm que fixam a placa do piso são instalados no piso.

Isto significa que não precisa de abrir um piso acabado para instalar um pivô embutido no piso. Os pisos radiantes podem ser colocados sem se preocupar com eventuais danos ao instalar a porta pivotante interior.

As dobradiças embutidas nas portas FritsJurgens podem ser combinadas com pisos radiantes

Instalação flexível

Não há praticamente trabalho a fazer no local ao escolher uma dobradiça FritsJurgens. A placa do teto e a placa do piso são montadas e a porta é levantada para ser instalada no seu sítio.

A colocação da porta e o seu movimento podem ser ajustados posteriormente a qualquer altura, e a sua porta estará pronta. O processo completo demora cerca de trinta minutos no local.

Nordiawerf installation video

Melhorar a gestão de projetos

Colocar as portas pode ser uma das últimas coisas a fazer no local. Isto significa que as decisões finais sobre as maçanetas, a espessura das portas, etc., não precisam de ser tomadas até ao último momento.

Não importa se há alguma alteração no projeto ou no design, como por exemplo a maçaneta. Se instalar a porta só quando todas as superfícies estiverem concluídas, não precisará de tomar estas decisões logo no início.

As decisões sobre as maçanetas, a espessura da porta e outros aspetos podem ser tomadas no último minuto – porta pivotante de Breitenthaler

Económico

Graças à instalação fácil e rápida e à flexibilidade e ajustabilidade do design da porta, uma porta pivotante interior pode poupar-lhe até oitocentos e cinquenta euros em comparação com uma porta oscilante. Além disso, tem a liberdade de definir o movimento da porta, e a dobradiça pivotante não precisa de manutenção.

Obviamente, existem outras soluções parecidas com uma solução pivotante. Contudo, não há outras ferragens que possam competir com a estética de uma porta pivotante. Mesmo quando a porta está aberta, todas as ferragens são escondidas. Além disso, o movimento de uma porta pivotante com uma dobradiça pivotante de alto desempenho é imbatível.

Sem caixilho

Em comparação com as portas de dobradiças tradicionais, as portas pivotantes interiores não precisam de caixilhos. Os únicos “caixilhos” necessários são o teto e o piso.

Omitindo os caixilhos, a natureza mínima e serena do design da porta pivotante é enfatizada. É simples, limpa e até económica.

Porta pivotante de aço e vidro sem caixilho – Linox by Jens Lammers, Bert Demasure

Uma porta de dobradiça tradicional tem apenas um movimento, está limitada pelas ferragens e os caixilhos, já uma porta pivotante interior pode ter um movimento em duas direções.

Uma porta pivotante interior sem caixilho pode-se integrar numa parede, embutida com a superfície acabada, pois a espessura da porta é flexível. Que se trate de uma parede espessa ou fina, se quiser embutir ou até esconder completamente a porta na superfície, é possível. Não precisa de tomar decisões sobre espessura, peso ou leveza até estiver pronto para instalar as portas.

Ao optar por uma dobradiça FritsJurgens, a espessura mínima de uma porta é de 40 mm e 50 mm, dependendo do sistema FritsJurgens correspondente. Pode aumentá-la a partir deste limite, dando-lhe a mesma espessura da parede ou porta adjacente para obter o visual sem distrações que oferece uma porta sem caixilho ou alta até ao teto.

Uma porta pivotante embutida na parede, disfarçada no acabamento da parede – Taouk Architects

Quer saber mais?

Se quiser saber mais sobre o design ou a escolha de uma porta pivotante, pode consultar os nossos documentos técnicos, onde encontrará informações aprofundadas sobre o peso das portas e os espaços à volta da porta.

Documentos técnicos

Inspire-se com mais projetos com FritsJurgens Inside

Obrigado por inscrever-se.