Castlecrag House

Afirmação de entrada de cobre

Os pais do proprietário atual construíram esta casa original do período pós-guerra, onde ele cresceu. Os novos proprietários contactaram a Porebski Architects, inspirados por uma casa no bairro projetada pelo estúdio em 1972. A antiga casa foi substituída por uma moradia compacta e moderna, resguardada e rodeada por um jardim. Uma característica essencial da casa é a forma com que se entra no edifício.

O caminho de acesso e a porta pivotante de entrada de cobre de entrada, escondida da rua, dão o tom ao interior. A porta pivotante faz parte de uma paleta de construção simples de tijolos de betão, betão marcado, cobre e madeira. Esta grande porta pivotante é impressionante em termos de tamanho, enquanto o material reluzente é acolhedor de dia e de noite.

307.6-Castlecrag-House-with-FritsJurgens-pivot-hinge-System-M-by-Porebski-Architects-and-Cumberland-Building,-photographed-by-Peter-Bennetts.jpg

Uma entrada enorme em cobre

O cobre foi usado no exterior da casa como revestimento e no alpendre, por isso ao utilizar o mesmo material para a porta pivotante de entrada deu-se continuidade à arquitetura. Além disso, é uma verdadeira afirmação de arquitetura. O cobre é um material lindo com qualidades interessantes. É um material que pode mudar ao longo do tempo, dependendo do seu revestimento e das condições às quais é exposto. Devido à sua macieza, o cobre pode ser facilmente aplicado a portas pivotantes utilizando-o como revestimento, por exemplo, como foi feito aqui com dois painéis sólidos de 40 mm.

As dimensões necessárias da porta também determinaram o tipo de porta a realizar. O seu peso e as dimensões tornaram a dobradiça pivotante FritsJurgens na escolha certa de ferragem. O System M da FritsJurgens pode suportar o peso de portas grandes e pesadas garantindo, ao mesmo tempo, movimentos de porta suaves e controlados.

Saiba mais sobre o System M e outros sistemas de dobradiças pivotantes oferecidos pela FritsJurgens.

Produtos

Caminho abrigado

O edifício foi levado para além dos seus limites quando possível para permitir que a paisagem escondesse a casa, o que tornou possível realizar um caminho abrigado para a entrada. Victoria D’Alisa, diretora da Porebski Architects:

“A área abrigada externa que dá lugar ao caminho de acesso, com o seu telhado baixo e delicadamente avarandado, é uma experiência extraordinária antes de atravessar a porta de entrada em cobre numa galeria de entrada de dois andares com vistas que atravessam a casa.”

307.5-Castlecrag-House-with-FritsJurgens-pivot-hinge-System-M-by-Porebski-Architects-and-Cumberland-Building,-photographed-by-Peter-Bennetts.jpg

Uma sensação de viagem

A entrada da casa permite criar uma ligação ou um contraste voluntário entre o exterior e o interior da casa. É uma parte essencial para uma experiência completa de casa, e, no caso da moradia Castlecrag, o interior e o exterior partilham uma atmosfera sóbria mas quente e convidativa.

Victoria D’Alisa: “Neste caso, a entrada é escondida da rua, localizada propositadamente num dos lados da casa com um telhado de cobertura realizado por razões de projeto, mas também para dar uma sensação de viagem antes de chegar à entrada.”

A entrada dá para uma ampla galeria de entrada de altura dupla, que inunda o hall de entrada de luz solar. Permite às pessoas socializar e deambular em direção das zonas de estar. Com um jardim à direita e uma coleção pessoal de arte à esquerda, há muito para admirar durante este percurso.

Descubra outras aplicações possíveis de portas pivotantes para a sua entrada majestosa e deixe-se inspirar.

aplicações

Ponto de interesse

Mesmo quando o projeto de uma casa determina a localização de portas e entradas, estas se revestem de enorme importância para como se vivencia uma casa.

“As portas são a conexão entre espaços. Acrescentam proporção e escala a uma divisão, e uma porta de entrada costuma definir o estilo do resto da casa.”

As portas têm uma função prática mas também psicológica ao conectar os espaços. Ajudam a criar espaços, visível e invisivelmente. Uma porta pode tornar-se mais do que uma passagem: pode ser um ponto de interesse por si só, como a porta pivotante de entrada de cobre da moradia Castlecrag.

Castlecrag House with FritsJurgens pivot hinge System M by Porebski Architects and Cumberland Building, photographed by Peter Bennetts
A moradia Castlecrag com o System M de dobradiças pivotantes FritsJurgens da autoria de Porebski Architects e o edifício Cumberland
Fotografados por Peter Bennetts
Castlecrag House with FritsJurgens pivot hinge System M by Porebski Architects and Cumberland Building, photographed by Peter Bennetts
Castlecrag House with FritsJurgens pivot hinge System M by Porebski Architects and Cumberland Building, photographed by Peter Bennetts
Castlecrag House with FritsJurgens pivot hinge System M by Porebski Architects and Cumberland Building
Castlecrag House with FritsJurgens pivot hinge System M by Porebski Architects and Cumberland Building, photographed by Peter Bennetts
Castlecrag House with FritsJurgens pivot hinge System M by Porebski Architects and Cumberland Building
307.7-Castlecrag-House-with-FritsJurgens-pivot-hinge-System-M-by-Porebski-Architects-and-Cumberland-Building,-photographed-by-Peter-Bennetts.jpg

Uma casa com personalidade

O interior e o exterior não são absolutamente excessivos em termos de construção ou design, sem prejuízo do conforto. Tudo foi realizado com uma grande atenção para o detalhe. A moradia reflete uma profunda calma e personalidade graças a uma paleta subtil e quente de pedra, carpintaria revestida e madeira colocada contra paredes brancas para complementar a coleção de arte do proprietário.

Cada pormenor da magnífica entrada foi bem concebido, desde o caminho que leva à entrada até ao longo corredor com a coleção de arte dos proprietários. O cobre não é uma escolha comum, mas é sem dúvida cativante, mostrando uma das infinitas possibilidades ao trabalharmos com portas pivotante.

Obrigado por inscrever-se.