Moradia elegante com um ambiente acolhedor

Três portas pivotantes de carvalho

Tanto o interior como o exterior desta moradia, com mais de 1 500 metros quadrados nas colinas de Karlsruhe, foram concebidos por Laurenz Vogel. O arquiteto e designer de interiores austríaco iniciou a sua carreira como carpinteiro. É por isso que se pode facilmente ver o seu amor pela madeira e outros materiais naturais nas suas obras. Pense por exemplo nas três portas pivotantes de carvalho que desenhou para este projeto: todas elas têm seis metros de altura, e vão do chão ao teto do primeiro andar. As portas deixam entrar a luz, mesmo quando estão fechadas, constituindo um fator de ligação entre a espaçosa sala de estar e o ambiente arborizado.

Fotografia Christian Buck
Arquiteto Design Laurenz Vogel
Fabricação MTB-Schreinerei e Schreinerei Fuchs

Casa divertida na borda de uma floresta

A habitação está localizada no final da rua, imediatamente adjacente a uma floresta. A casa antiga que aí se encontrava era mais pequena, mas o proprietário queria construir uma casa maior. É por isso que Vogel projetou uma moradia com cinco andares, dois dos quais estão abaixo do nível do solo. O ponto mais alto do edifício é de 12 metros. O telhado, com a sua luxuosa piscina, oferece uma vista excelente. Para evitar que o edifício se assemelhe a um bloco sólido, Vogel decidiu fazer com que os pisos se escalonassem a cada 1,2 metros e alternou a utilização de pedras escuras e claras. Este estilo arquitetónico escalonado e os diferentes materiais criam um efeito divertido que confere à moradia um aspeto elegante.

A casa azul

Para incorporar a natureza que envolve a casa, Vogel utilizou muito vidro no seu design. O cliente tinha pedido a Vogel para proteger a antiga casa azul da vista dos vizinhos tanto quanto possível, uma vez que se destaca consideravelmente no ambiente verde, o que originou um desafio no projeto, porque o sol entra na sala de estar exatamente do lado da casa azul. Por isso, fechar completamente este lado da casa não era uma opção. Vogel então teve a ideia de usar portas pivotantes, que, além de serem práticas, também são muito elegantes. Como as portas consistem em chapas de carvalho, a luz pode entrar sem que a casa azul seja o centro constante das atenções.

Andares comunicantes

Como na sua casa anterior, o proprietário queria um mezanino para criar um espaço alto e aberto. Assim é possível olhar diretamente do primeiro andar para o rés do chão e vice-versa. O mezanino cria uma maior ligação entre a sala de estar e a cozinha no andar inferior e os quartos das crianças e os outros no andar superior. Desta forma, toda a família reunir-se-á à volta da mesa de jantar para conversar sobre o dia enquanto desfruta de uma refeição caseira. É exatamente o que o cliente procurava: uma casa ampla e espaçosa com uma atmosfera calorosa.

Grande efeito

Além do mezanino, as portas pivotantes de carvalho também contribuem para o caráter íntimo da moradia. "As portas pivotantes têm um grande impacto na sala de estar", afirma Vogel. "A área mede 150 metros quadrados, por isso construí novas possibilidades para torná-la um pouco mais acolhedora. Por exemplo, pode-se fechar a sala do piano com uma porta pivotante de 2,5 metros de largura da mesma cor que a parede, o que faz com que pareça que a porta não está lá. Contudo, as três portas de madeira pivotantes ao lado da cozinha têm o maior efeito. Permitem tornar a sala de estar maior ou mais pequena. Se quiser tornar a sala mais acolhedora, pode fechá-las sem que a sala fique muito escura."

Portas pivotantes de madeira

Fotografia Christian Buck, Arquiteto Design Laurenz Vogel, Fabricação MTB-Schreinerei e Schreinerei Fuchs
Fotografia Christian Buck, Arquiteto Design Laurenz Vogel, Fabricação MTB-Schreinerei e Schreinerei Fuchs
Fotografia Christian Buck, Arquiteto Design Laurenz Vogel, Fabricação MTB-Schreinerei e Schreinerei Fuchs
Fotografia Christian Buck, Arquiteto Design Laurenz Vogel, Fabricação MTB-Schreinerei e Schreinerei Fuchs
Drag over the photos for more

Gestão inteligente da humidade

Existem três portas de articulação umas ao lado das outras, todas feitas de tiras de carvalho. O espaço entre cada chapa é de 3 centímetros, por isso deixam passar luz suficiente. As portas têm 1,6 metros de largura e 6 metros de altura cada: vão do rés do chão ao teto do primeiro andar. A altura representou o maior desafio para este projeto, segundo Vogel. "Ao trabalhar com materiais naturais, é necessário considerar a humidade de uma sala. Assim que na sala de estar a temperatura subir, a madeira expandir-se-á, havendo risco de empenamento. Para o prevenir, os carpinteiros da MTB Schreinerei construíram uma estrutura de aço na porta: cada chapa contém uma rosca de aço. Como resultado, as portas articuladas pesam 450 quilos cada."

System 3

Para as dobradiças, Vogel usou o System 3 da FritsJurgens, para que as portas possam ser fixadas em várias posições, o que significa que girarão automaticamente a partir de qualquer ângulo de 45 graus para manter posições a 0, 90, 180 ou 270 graus. Havendo três portas uma ao lado da outra, este sistema é crucial para que fiquem sempre elegantes. Vogel gosta de trabalhar com a FritsJurgens. "O carpinteiro experimentou dobradiças de vários fabricantes e o System 3 revelou-se como o nosso favorito. Também demos ao nosso cliente duas amostras para testar e as dobradiças FritsJurgens realmente têm o movimento mais suave. Algo que aprecio muito é que a FritsJurgens explica todos os detalhes sobre as possibilidades das dobradiças. Especialmente como designer, é muito útil para mim."

Mais informações sobre o System 3 da FritsJurgens

system-3-scale.png
Obrigado por inscrever-se.